defender o estado social

Jean Tirole (Prémio Nobel da Economia 2014)
Jean Tirole
(Prémio Nobel da Economia 2014)

«(…) para salvar o Estado Social Europeu (que Tirole admira e quer defender) temos de reduzir o tamanho do Estado e da despesa pública. Temos de cortar serviços públicos desnecessários, ser mais exigentes na avaliação das políticas públicas, e seguir o exemplo do Canadá que nos anos 90 cortou a despesa em 19% e reduziu o número de funcionários públicos em um sexto e continua a ter serviços públicos tão bons como Portugal ou França.» (aqui)

Anúncios

foi isto almeirim

"Foi Isto Almeirim" (Ulisses Pina Ferreira)
“Foi Isto Almeirim”
(Ulisses Pina Ferreira)

Fez, na passada quinta-feira, 10 anos que foi apresentado ao público o livro “Foi Isto Almeirim”, da autoria de Ulisses Pina Ferreira. Recordo aqui o que escrevi em 2006 sobre esta edição, cujas receitas revertem inteiramente a favor do CRIAL – Centro de Recuperação Infantil de Almeirim.

«No dia 23 de Outubro de 2004, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, procedeu-se ao lançamento do livro “Foi Isto Almeirim”, da autoria do almeirinense Ulisses Pina Ferreira.

Esta livro retrata a vida dos almeirinenses nas décadas de 30, 40 e 50. Descreve, sucintamente, a criação de várias associações do concelho: a Banda Marcial de Almeirim, o União Futebol Clube de Almeirim, a Associação dos Bombeiros Voluntários.

Talvez pelo facto do autor ter vivido na primeira pessoa a criação do Cine-Teatro de Almeirim, deixa-nos uma descrição pormenorizada dos espectáculos ali realizados, bem como das peças de teatro amador, protagonizadas por pessoas de Almeirim, em diversas “salas” da então Vila.

O livro versa ainda sobre o “Fazendeiro de Almeirim”, “A Vinha”, “As Vindimas”, “O Vinho” e, como não poderia deixar de ser, “As Praças de Toiros” e “Os Cavaleiros Tauromáquicos”.

Mais do que a ocupação do tempo livre do autor, na génese deste livro esteve a ajuda a uma instituição do concelho de Almeirim, o CRIAL – Centro de Recuperação Infantil de Almeirim. A Câmara Municipal associou-se à edição deste trabalho, custeando na íntegra a mesma pelo que, o valor de compra deste livro reverte inteiramente para aquela Instituição Particular de Solidariedade Social, como nos refere Ulisses Pina Ferreira na Nota do Autor:

«O CRIAL – Centro de Recuperação Infantil de Almeirim é uma instituição particular de solidariedade social e, como tal, deve merecer dos almeirinenses o maior carinho e apoio financeiro.

A instituição não tem rendimento próprios. Vive exclusivamente de subsídios estatais e autárquicos e de donativos particulares. Conta com um activo de 52 utentes, distribuídos pelas valências Escola e CAO – Centro de Apoio Ocupacional.

Ao escrever o “Foi Isto Almeirim” não tinha a mínima intenção de usufruir um cêntimo que fosse, até porque, em princípio, a finalidade era a ocupação do tempo e da mente.

Quando começou a ganhar forma, e incentivado pela família e por pessoas amigas, juntei os textos e verifiquei que era possível a publicação de um livro sobre o quotidiano de Almeirim no passado. Assim nasceu o “Foi Isto Almeirim”, e sem ter a mais pequena dúvida, ofereci ao CRIAL os textos que agora se publicam e que passam a ser sua propriedade.»

De referir que o livro se encontra à venda nas papelarias de Almeirim e no CRIAL pelo preço de 15 euros.»

senadores vs. plebeus

Freitas do Amaral

«Não deve haver em Portugal um só antigo político com mais de 70 anos que não tenha, nos últimos anos, optado por um discurso apocalíptico. Alguns têm-se mesmo excedido nos seus exercícios de indignação. Nada demais, vivemos em liberdade e democracia. Demais é só tratá-los como se pertencessem a uma casta de iluminados pois, face ao desnorte e desequilíbrio que tantas vezes demonstraram (lembram-se da Aula Magna?). É caso para dizer que, com senadores destes, só nos restam, como sempre, os honrados plebeus para salvarem a República.» (daqui)