foi isto almeirim

"Foi Isto Almeirim" (Ulisses Pina Ferreira)

“Foi Isto Almeirim”
(Ulisses Pina Ferreira)

Fez, na passada quinta-feira, 10 anos que foi apresentado ao público o livro “Foi Isto Almeirim”, da autoria de Ulisses Pina Ferreira. Recordo aqui o que escrevi em 2006 sobre esta edição, cujas receitas revertem inteiramente a favor do CRIAL – Centro de Recuperação Infantil de Almeirim.

«No dia 23 de Outubro de 2004, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, procedeu-se ao lançamento do livro “Foi Isto Almeirim”, da autoria do almeirinense Ulisses Pina Ferreira.

Esta livro retrata a vida dos almeirinenses nas décadas de 30, 40 e 50. Descreve, sucintamente, a criação de várias associações do concelho: a Banda Marcial de Almeirim, o União Futebol Clube de Almeirim, a Associação dos Bombeiros Voluntários.

Talvez pelo facto do autor ter vivido na primeira pessoa a criação do Cine-Teatro de Almeirim, deixa-nos uma descrição pormenorizada dos espectáculos ali realizados, bem como das peças de teatro amador, protagonizadas por pessoas de Almeirim, em diversas “salas” da então Vila.

O livro versa ainda sobre o “Fazendeiro de Almeirim”, “A Vinha”, “As Vindimas”, “O Vinho” e, como não poderia deixar de ser, “As Praças de Toiros” e “Os Cavaleiros Tauromáquicos”.

Mais do que a ocupação do tempo livre do autor, na génese deste livro esteve a ajuda a uma instituição do concelho de Almeirim, o CRIAL – Centro de Recuperação Infantil de Almeirim. A Câmara Municipal associou-se à edição deste trabalho, custeando na íntegra a mesma pelo que, o valor de compra deste livro reverte inteiramente para aquela Instituição Particular de Solidariedade Social, como nos refere Ulisses Pina Ferreira na Nota do Autor:

«O CRIAL – Centro de Recuperação Infantil de Almeirim é uma instituição particular de solidariedade social e, como tal, deve merecer dos almeirinenses o maior carinho e apoio financeiro.

A instituição não tem rendimento próprios. Vive exclusivamente de subsídios estatais e autárquicos e de donativos particulares. Conta com um activo de 52 utentes, distribuídos pelas valências Escola e CAO – Centro de Apoio Ocupacional.

Ao escrever o “Foi Isto Almeirim” não tinha a mínima intenção de usufruir um cêntimo que fosse, até porque, em princípio, a finalidade era a ocupação do tempo e da mente.

Quando começou a ganhar forma, e incentivado pela família e por pessoas amigas, juntei os textos e verifiquei que era possível a publicação de um livro sobre o quotidiano de Almeirim no passado. Assim nasceu o “Foi Isto Almeirim”, e sem ter a mais pequena dúvida, ofereci ao CRIAL os textos que agora se publicam e que passam a ser sua propriedade.»

De referir que o livro se encontra à venda nas papelarias de Almeirim e no CRIAL pelo preço de 15 euros.»

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.