por qué no se callan?

9789724041971«Ambos os códigos [Código Penal e Código do Processo Penal], portanto, têm sido os mesmos nas últimas décadas: um vai para 33 anos, outro para 25.

(…)

De estranhar, por isso, verem-se figuras gradas da democracia, que participaram na elaboração, aprovação e publicação dos ditos códigos, bramir contra as leis que eles próprios fizeram. Apodam-nas de medievais. Dizem terem regras que violam direitos humanos. Que autorizam desmandos insustentáveis como prisões preventivas prévias a acusações! A sério? Mas é assim há 25 anos para toda a gente!

Para já não falar dos que criticam um quadro legal que já não existe. São aqueles que pararam nos tempos do Código de Processo de 1929… Terão elaborado, aprovado ou promulgado os códigos, pelos vistos, sem os lerem. Fica-lhes bem! E ficamos cientes!» (daqui)