uma espécie em vias de extinção

«Curiosamente, a ascensão de Churchill à categoria de sagrado histórico acontece num mundo e numa era em que, provavelmente, ele não conseguiria fazer a política que fez. Diria mesmo mais: Churchill talvez não sobrevivesse aos tempos e aos modos da política contemporânea. Isso vai a crédito dele e a débito do mundo em que vivemos. … Continuar a ler uma espécie em vias de extinção

Anúncios

os opostos atraem-se

«O que pode significar a vitória eleitoral do Syriza para estes populismos? Pode, claro, não significar nada, a não ser novas eleições na Grécia daqui a uns meses. Mas pode significar muito mais do que uma reconfiguração da área do Euro, por mais grave que essa reconfiguração fosse, com o despejo da Grécia – ou … Continuar a ler os opostos atraem-se