simple man

225px-Pedro_Passos_Coelho_1«O primeiro-ministro sabe que, se exigiu grandes sacrifícios aos portugueses, seria de muito mau tom ostentar sinais exteriores de riqueza. Mas leva esse princípio a um extremo quase franciscano que ninguém se atreveria a pedir-lhe.
Em certo sentido, Passos quer provar que é um homem comum – se é que quer provar alguma coisa. Mas, ao fazer aquilo que nenhum outro na sua posição faria, acaba por mostrar precisamente o contrário: que é uma excepção. Porque o homem comum, o português médio, se fosse primeiro–ministro jamais se satisfaria de forma tão simples.» (daqui)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.