almofadas

ScreenShot358O primeiro-ministro assegurou à Comissão Europeia que o Orçamento de Estado de 2016 possui uma almofada financeira equivalente a 0,2% do PIB. Ou seja, o mesmo valor pelo qual poderemos ser penalizados por incumprimento das regras do Tratado Orçamental.

Para tal, o Ministério das Finanças já procedeu à cativação de verbas o que, segundo o “Público”, «exigem aperto nos serviços públicos».

Estou curioso em saber como vai ser lá mais para o final do ano, quando os cofres dos serviços públicos necessitarem, como de pão para a boca, das verbas que foram cativadas. Nessa altura, o governo vai estar perante um dilema: ou cumpre o défice previsto para 2016 ou insiste no aperto financeiro aos diversos organismos do Estado, colocando em risco o serviço público por eles prestados?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.