tsu: o que importa

joão miguel tavares«O PSD não pode, nem deve, justificar o chumbo da diminuição da TSU com o facto de não fazer favores ao governo. Com este tipo de argumentos é facílimo passar a ideia de um partido oportunista que, na verdade, concorda com a medida, só que em vez de beneficiar o país prefere lixar António Costa. Espantosamente, a justificação cínica foi a primeira coisa que saiu da boca dos sociais-democratas. Luís Montenegro disse que “o PSD não funciona como bombeiro de serviço da geringonça”. Passos Coelho, que tem tanto jeito para a ironia como eu para o bilhar às três tabelas, perguntou: “Vão andar sempre a pedir ao PSD para apoiar o Governo porque [Bloco e PCP] este ano estão de baixa, meteram folga?” Ora, a questão não está em ser ou não bombeiro, nem em fazer ou não as folgas dos outros –, a única questão que realmente importa e que deveria ter sido verbalizada é que o salário mínimo está a ser artificialmente aumentado ano após ano, sem acompanhar a produtividade do país, e que essa subida que tanto satisfaz a extrema esquerda está a pesar sobre o orçamento de Estado e sobre a Segurança Social, de forma a não comprometer a descida do desemprego.» (daqui)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.