e semáforos, não?

semaforoA propósito desta notícia gostava, muito sinceramente, de entender porque razão, e ao invés de ser equacionada a colocação de lombas, não são instalados semáforos nos dois cruzamentos que, de há muitos anos a esta parte – não é só de agora – têm registado elevada sinistralidade. Estou a referir-me ao cruzamento da Rua Condessa da Junqueira com a Rua Padre António Vieira e o da Rua Condessa da Junqueira com a Bernardo Gonçalves, ambos na cidade de Almeirim

A colocação de lombas junto ao primeiro apenas vai resolver o problema do excesso de velocidade de quem circula na Condessa da Junqueira; não impede que, quem circula na Padre António Vieira não pare no STOP. E o mesmo se aplica no outro cruzamento que só não tem registado acidentes com maior gravidade porque as velocidades praticadas ali são menores.

Acredito que, entre as lombas e os semáforos, as primeiras são mais fáceis de concretizar e o seu custo será inferior à segunda hipótese. Mas, quem decide deve ter em conta, em primeiro lugar, a segurança de quem circula nas suas vias e não os seus cofres.