livros que vou lendo (23)

"A Sul da Fronteira, a Oeste do Sol", de Haruki Murakami Sinopse: «Na primeira semana do primeiro mês do primeiro ano da segunda metade do século XX, ao protagonista, que também faz as vezes de narrador, é dado o nome de Hajime, que significa «início». Filho único de uma normal família japonesa, Hajime vive numa … Continuar a ler livros que vou lendo (23)

Anúncios

livros que vou lendo (22)

"Os Duros Não Dançam", de Norman Mailer Sinopse: «Um romance narrado como se fora uma autobiografia actual. Decorrendo numa pequena cidade da nova Inglaterra o protagonista, com cerca de quarenta anos, recentemente separado da mulher, recorda o passado. A infância miserável, as aspirações de tornar-se pugilista profissional, o longo noivado. Esta rememoração retrospectiva intercala-se na … Continuar a ler livros que vou lendo (22)

uma anedota em estilo de conto moral

«Um português, um espanhol e um francês, os eternos companheiros das anedotas, lamentavam não poder satisfazer os seus desejos. A amargura eram tanta que Deus Nosso Senhor, bem acordado e bem disposto nesse dia, ouvi-os e resolveu surpreendê-los. Apareceu, apresentou-se com conveniência para não haver dúvidas ou hesitações e disse: - Deixem-se de lamúrias, acreditem … Continuar a ler uma anedota em estilo de conto moral

um homem com a “vertigem do risco”

«Devemos-lhe a integração tranquila e democrática da direita no regime, somente cinco anos após a revolução. O paralisante Mota Amaral disse uma vez que Sá Carneiro tinha a "vertigem do risco". Infelizmente, muitos dos que se reclamam da "herança" que não deixou, porque era atípico disto, nunca a tiveram e jogaram sempre pelo seguro. Sá … Continuar a ler um homem com a “vertigem do risco”