pormenores (2)

pedras-rua-alexandre-herculanoDepois de ter escrito este texto sobre o buraco na Rua Alexandre Herculano, o mesmo foi remendado e encontra-se num estado idêntico ao que a imagem mostra (esta fotografia foi tirada em Outubro de 2010!!!).

E por que volto a maçar-vos com esta história? Bem, em primeiro lugar, pelo tempo que ela dura: 7 (sete) anos, no próximo mês de Abril (a primeira vez que escrevi sobre isto foi a 1 de Junho de 2010). Não sou especialista na reparação de buracos, mas julgo que sete anos é demasiado tempo para reparar um buraco desta dimensão.

Depois, porque fica-se com a sensação de que existem almeirinenses de primeira e de segunda, consoante a sua localização. Se morarem numa via com maior visibilidade ou próxima do centro da cidade, a autarquia está atenta aos “pormenores”; se morar afastado desta zona de influência, os pormenores, pura e simplesmente, não existem!

Por último, este artigo laudatório da maioria socialista no actual mandato autárquico, onde são enaltecidas as grandes obras do regime (são tantas que seria maçador enumerá-las…) e que me leva questionar porque razão uma autarquia leva a cabo tantas obras de grande dimensão em menos de quatro anos e demora sete para reparar um buraco numa qualquer rua. Poderia ser por desconhecimento, o que julgo não ser o caso. Não sendo por falta de conhecimento do problema, só poderá ser por falta de interesse em resolvê-lo!

Anúncios

pormenores

2016-12-08-18-19-39A Rua Alexandre Herculano é uma via da cidade de Almeirim, localizada no chamado Bairro da Tróia. Desde 2010 a esta parte, cada vez que chove mais do que é normal, abre-se uma cratera causada pelo abatimento do pavimento. Tal pode ser visto e lido aqui e aqui. À data, e enquanto membro da Assembleia de Freguesia de Almeirim, denunciei a situação. Fui acusado de me preocupar mais com as ruas por onde circulo do que com as outras.

Desde então, cada vez que a cratera aparece, a solução é remendá-la à superfície em vez de procurar mais abaixo a causa dos sucessivos abatimentos.

Esta fotografia foi tirada ontem, ao final do dia e dá conta de que o pavimento se abateu de novo. Provavelmente algum morador, receoso dos estragos que o buraco pudesse provocar aos veículos que por ali passam, resolver sinalizar o mesmo.

Para quem anda sempre atento aos pormenores da nossa cidade, aqui fica este detalhe. Provavelmente não terá conhecimento do mesmo porque fica fora do seu raio de circulação. No entanto, e para que não tenha que despender o seu precioso tempo, aqui fica este relato, na expectativa de que, daqui a pouco tempo, possa publicar uma outra fotografia com o pormenor da solução deste problema.