o mérito que a história irá reconhecer

«Pedro Passos Coelho pode ser obstinado, não entender que em política é preciso ter jogo de cintura e por vezes desistir de algumas batalhas para ganhar certas guerras, estar demasiado preso às suas convicções. Sobretudo não ter noção dos efeitos das decisões que tomou por não estar disposto a desviar-se um milímetro do caminho que … Continuar a ler o mérito que a história irá reconhecer

Anúncios

quem todos quer convencer, acaba por não convencer nenhum

«António Costa acabou por ser vítima da síndrome lisboeta, tomou a corte da capital (circuito fechado de políticos, jornalistas e comentadores) como representando todo o país e caiu na armadilha. Avançou, chiquérrimo, com uma pasta bonita, cheia de propostas, carregada de números. E, no entanto, o povo, pelo país fora, só lhe pedia uma ideia. … Continuar a ler quem todos quer convencer, acaba por não convencer nenhum