regresso ao passado

«Infelizmente, os nossos problemas estruturais não são radicalmente diferentes dos que tínhamos em 2013. Apesar de termos anulado o nosso défice externo, o país continua altamente endividado; os sectores de actividade protegidos continuam protegidos; as entidades supervisoras e reguladoras não se tornaram mais eficazes; continua a porta giratória entre reguladores e regulados; continua por fazer … Continuar a ler regresso ao passado

definitivamente…

... Portugal não é a Grécia! «O Tesouro português financiou-se esta quarta-feira à taxa mais baixa de sempre, num leilão de dívida a 10 anos que não terá sofrido a mínima perturbação associada à incerteza em torno da Grécia. Os títulos, a reembolsar em outubro de 2025, foram emitidos junto dos investidores com uma taxa … Continuar a ler definitivamente…