ser oposição não é (só) pedir demissões

Julgo que a maioria daqueles que seguem os meus textos sabem da minha filiação partidária. Ser-se militante dum partido político significa comungar dos ideais perfilhados, mas ter a frontalidade de discordar de decisões tomadas. Por isso, tenho uma opinião muito própria sobre o que é fazer oposição num concelho como Almeirim, que tem sido governado … Continuar a ler ser oposição não é (só) pedir demissões

Anúncios

“com ferros mata, com ferros morre”

«Há muitos anos, quando foi apeado do poder de primeiro-ministro Francisco Balsemão, um homem que conhece a comunicação social melhor do que ninguém, ele recordou o velho ditado de que quem com ferros mata, com ferros morre. É uma verdade que ainda hoje se mantém. Quem vive da imprensa e pela imprensa sem ter verdadeiramente … Continuar a ler “com ferros mata, com ferros morre”

esquerda e direita

«Não estou a dizer que esquerda e direita desapareceram. Continuam a existir como polos filosóficos ou referências sentimentais. Mas a crise tirou-lhes relevância política. Sim, António Costa deve ser de esquerda. Depois de mais de trinta anos no Partido Socialista, não pode ser outra coisa. Mas esquerda e direita só fazem politicamente sentido quando há … Continuar a ler esquerda e direita